Câmara de Mundo Novo aprova suplementação de 7% ao Executivo

Em sessão ordinária na última segunda-feira 20, com a dispensa do uso da Tribuna Livre pelos vereadores e com apreciações de leis encaminhadas pelo Executivo; foi discutida a permissão de vinculo de servidores efetivos para atividades de programas sociais, especificamente os profissionais de odontologia e enfermagem-, aprovada para segunda votação. A possibilidade do remanejamento de efetivos assemelha a outros servidores municipais em lei apreciada em 2009.

Na Sessão Ordinária o Plenário da Câmara Municipal aprovou a suplementação de 7% do orçamento do município em única votação. O Executivo havia solicitado 10% que em diálogo com vereadores em consenso sem haver pedido de vista foi aprovado por unanimidade os 7%, em vista de outras suplementações no decorrente ano pela necessidade de remanejamento de verbas de uma rubrica para outra, ou um aumento da receita efetiva.

Na presidência do vereador Gildo Amaral- MDB, que justificou que os projetos foram explanados por representantes do Executivo durante o dia, com diálogo aplausível entre as bases: situação e oposição, demonstrando a superação de diferença ideológica e partidária ao bem comum que é Mundo Novo.

Gildo informou ainda que as sessões seguintes serão presididas pelo o vice-presidente em exercício, Gessé Ferreira – Pros, pois se ausentará para tratamentos médicos-, submetendo a uma cirurgia. Desejou resultados satisfatórios aos três vereadores que são candidatos a deputado estadual: Pinduca – MDB, Nilva Ramos – PRB e Rose do Acampamento – PT.