José Jesus Dias morreu na manhã desta quarta-feira (16) atropelado na MS-141 de frente a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). A vítima trafegava pela rodovia quando ao tentar atravessar a mesma foi colhido pelo veículo Voyage de cor prata, placasHTF-9720, de Campo Grande, conduzido por Solange Ribeiros Nogueira de 51 anos.

Segundo informações apuradas pela reportagem do site Portal do MS, Dias saiu da chácara onde residia de bicicleta, e ao tentar atravessar a pista, não observou chegada do veículo. Com o impacto a vítima bateu fortemente no para-brisa do carro, vindo a óbito no local. O carro teve a frente bastante avariada.

O veículo Voyage além da condutora, tinha como passageiro Carlson Nogueira da Silva de 51, ambos moradores de Campo Grande. Eles foram atendidos pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados em estado de choque até a Santa Casa de Naviraí.

Peritos da polícia civil estiveram no local do acidente. O corpo de Melo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Naviraí.

MORTE DA FILHA

Em 4 de fevereiro de 2010, Junia Aparecida Sonsine Dias Ribeiro de 27 anos, filha de Jesus foi atropelada por uma camionete Ford S-200, também com placas HRC-0797 de Campo Grande no mesmo local do acidente que ocasionou a morte de seu pai na manhã desta quarta-feira. Assim como Dias, ela trafegava pela rodovia de bicicleta.

Na ocasião ela foi encaminhada em estado grave até o Hospital da Vida em Dourados, mas veio a óbito após dez dias de internação.