O prefeito de Naviraí – Léo Matos (PV) determinou fiscalização nos bares e casas noturnas que oferecem show na cidade. A preocupação do chefe do executivo é motivada após o incidente ocorrido ma boate Kiss, em Santa Maria (RS), na qual 233 jovens morreram. “É preocupante, não podemos esperar o pior acontecer para depois tomarmos providência”, disse Léo Matos.

O prefeito disse que vai encaminhar ao major Moreira, do Corpo de Bombeiros, um ofício solicitando apoio na fiscalização. “Infelizmente exemplos como este nos faz refletir. Muitas pessoas se aglomeram nessas casas e temos que tomar essa atitude para não colocarmos em risco nossos moradores. Temos que defender nossa população”, comentou o prefeito.

Por determinação do prefeito, o assessor de gabinete – Wilson Soares dos Reis (Soares Filho) se reuniu na manhã de ontem com o representante da Gerência Municipal de Obras – Osvaldo Ferreira, que expede a autorização para concessão do alvará, com o gerente de receita – Moisés Bento (responsável pela liberação do alvará), com o gerente da Vigilância Sanitária – Badih Salem (responsável pelo alvará sanitário) e com o gerente de Desenvolvimento Econômico – Roberto Pedro da Rocha.

Eles traçaram uma estratégia para aumentar fiscalização. “O maior problema é que promotores de eventos, de posse do alvará, simplesmente não vão atrás dos demais atestados”, diz o gerente Moisés Bento. No rodapé do documento do alvará, primeiro liberado pela Prefeitura consta que o mesmo documento não tem validade sem os outros laudos. Quem continuar agindo desta forma poderá ter o local interditado e o evento cancelado.

A fiscalização começa ainda nesta semana e os proprietários das casas noturnas terão que se adequar. “Será uma fiscalização rígida. Aquelas que estiverem dentro da legalidade poderão exercer suas atividades normalmente, mas aquelas que estiveram fora das normas de segurança terão que se enquadrar”, explicou.

Fonte: Assessoria
TAGs: