MUNDO NOVO - MS
15/07/2024
Mais

    Mato Grosso do Sul tem o maior registro de mortes por dengue no Brasil

    Mais Lidas

    Dos 37 casos de morte por dengue no Brasil, 19 são de Mato Grosso do Sul. Nesta terça-feira (26), a Secretaria Estadual de Saúde confirmou mais quatro óbitos causados pela doença, sendo três de Campo Grande e um de Camapuã.

    O número de notificações do Estado também é superior em relação aos demais. São 43.464 casos registrados desde o início de janeiro até o dia 16 de fevereiro.

    Com a confirmação, sobe para 9 o número de mortos em Campo Grande. São duas mortes em Vicentina e as outras em Aquidauana, Dourados, Miranda, Nova Andradina, Paranaíba, Rio Verde de Mato Grosso, Sidrolândia e Camapuã.

    Três mortes ainda estão sob investigação em Aquidauana, Corumbá e Nioaque.

    Dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira indicam a ocorrência de epidemia em Mato Grosso do Sul e outros quatro Estados –Tocantins, Mato Grosso, Acre e Goiás, com 173.072 registros, concentraram 84,6% dos casos nas sete primeiras semanas de 2013. Mato Grosso do Sul também tem a maior incidência da doença, 1.677,2 casos por 100 mil habitantes.

    Prevenção poderia ter controlado a situação em Campo Grande

    Falta de ações preventivas

    O Secretário Municipal de Saúde, Ivandro Fonseca, declarou que a alta quantidade de casos de registro por dengue em Campo Grande se devem a falta de ações preventivas de combate ao mosquito.

    “Ações que deveriam ter sido feitas pela gestão anterior refletiram diretamente na epidemia enfrentada na capital, que já registrou nove mortes”.

    Ele diz que todos os casos de morte pela doença e suspeitas serão divulgados para que a população tenha ciência do problema enfrentado. “Não vamos esconder os dados e sim mostrar para a população o que a dengue pode fazer”, alertou.

    Queda nos registros

    Ivandro explica que a média de registros caiu em relação ao início de janeiro. “Eram cerca de 1.000 casos em janeiro, entre os dias 23 e 27. Entre os dias 29 a 4 de fevereiro, a média caiu para 685 notificações por dia e hoje são cerca de 300 casos”.

    De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura de Campo Grande, o registro de notificações está atualizado até o último dia 19, quando foram apontados 29.643 casos.

    Fonte: Midiamax.com

    Mais Notícias

    spot_img

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Últimas Notícias