O presidente do Sindicato Rural de Iporá, Diorama e Israelândia, Amarildo Martins Mariano disse que a contratação do show da cantora sertaneja Paula Fernandes para a 28ª Exposição Agropecuária de Iporá deste este ano não será concretizada. Segundo ele o impasse foi somente a falta de um hotel à altura para hospedar a artista.

“Ela exige um hotel cinco estrelas. Ela é diferente dos outros artistas. Iporá não comporta ela. Então, eu acho que isso aí até perante a sociedade, as pessoas humildes que existe aqui, hoje assim somos. Ninguém é melhor que ninguém. Aqui temos vários hotéis e são bons. Os outros artistas não reclamaram dos hotéis. Ela não, depois do show, eu teria que arrumar um veículo para levar ela até Goiânia pra ficar num hotel cinco estrelas. Eu acho que isso aí pra nós é até meio humilhante. Então, eu resolvi e coloquei o Amado Batista no lugar dela. Ele é meu amigo. É humilde, gente boa e outra coisa, é um agropecuarista. E traz um público igual ela, eu acho que traz até mais”, disse o presidente do sindicado e realizador do evento.

No final da noite desta segunda-feira (29) a assessoria de imprensa da Paula Fernandes rebateu as críticas em nota oficial enviada para a imprensa.

“A cantora Paula Fernandes, por intermédio de sua produtora – Jeito de Mato produções artísticas- vem esclarecer, principalmente ao público de Iporá, que a entrevista dada pelo presidente do Sindicato Rural de Iporá, Sr. Amarildo Martins Mariano, em nenhum momento traduz a verdade dos fatos.

– Em 08 de abril de 2013 foi enviado o contrato de apresentação artística da cantora na 28a. Exposição Agropecuária de Iporá – Expoipo, desde então estávamos aguardando o retorno do documento assinado. Em nenhum momento houve contestação de nenhuma cláusula.

– É praxe em contratos artísticos solicitar hospedagem em locais de categoria máxima – traduzindo o melhor hotel da cidade, conforme reprodução fiel do documento padrão abaixo:

Hospedagem

Cláusula Décima primeira – A contratação e custos relativos à hospedagem da ARTISTA e equipe de operação técnica (em categoria máxima), conforme relação a ser enviada posteriormente pela produção técnica (ROOMING LIST) correrá por conta da CONTRATANTE.

Nossa assessoria tentou entrar em contato com o Sr. Amarildo, para que ele pudesse esclarecer suas declarações, mas infelizmente ele não nos atendeu.

Paula Fernandes é uma artista consagrada pelo povo e jamais recusaria uma apresentação por motivos fúteis. Esta semana, a cantora embarcou para quatro apresentações na África, onde é sabida as condições precárias do país. Um dos motivos que fez com que ela aceitasse esta turnê foi justamente ficar próxima de um povo sofrido e que a admira como artista, mesmo sem toda infra estrutura necessária.

Iporá é uma cidade que, seguramente, está preparada para receber grandes nomes da música brasileira, sem dever a nenhum outro lugar. A cantora se sentiria honrada em participar desta grande festa. Por isso, fez questão absoluta de esclarecer as inverdades ditas pelo presidente do Sindicato Rural de Iporá.” Finaliza Silvia Colmenero, assessora de imprensa da cantora Paula Fernandes