506255Élcio Cunha da Silva, de 22 anos, foi assassinado com dois tiros pelo próprio irmão Adelson Cunha da Silva de 26 anos, na noite do último sábado (19) em Rio Brilhante. A vitima foi baleada nas costas e no peito pelo próprio e morreu na hora.

O acusado Adelson, segundo a polícia ainda tentou matar o outro irmão, João Cunha da Silva, de 28 anos, mas não acertou os tiros. O crime aconteceu na Rua Laucídio Coelho, na Vila Fátima em Rio Brilhante.

Segundo informações apuradas pela polícia, por volta das 23h de sábado Adelson e Élcio estavam bebendo num bar perto da casa deles. Começaram a brigar e foram apartados por pessoas que estavam no local. Logo após saírem do bar, voltaram para residência e novamente começar a brigar.

Adelson pegou um revólver calibre 38 e disse que ia matar Élcio. Neste momento outro irmão deles, João, tentou separar a briga. Neste instante Adelson disparou contra João, mas não o acertou.

Em seguida, efetuou novos disparos, desta vez contra Élcio, que foi atingido com dois tiros, mesmo ferido ele chegou a correr em direção à rua, mas não resistiu e morreu no local.

As polícias civil e militar estiveram no local e apreenderam com o acusado um revolve calibre 38 e duas espingardas. Uma estava com ele e a outra debaixo da cama. Na delegacia Adelson disse que não está arrependido de ter matado o próprio irmão.

Fonte: Fatimadosulnews