Acadêmicos pretendem realizar protesto

colacao
(Foto: WhatsApp)

Formandos de vários cursos de uma universidade particular da Capital estão revoltados com a estrutura que a instituição está oferecendo no início deste ano para realizar as cerimônias de colação de grau dos alunos. Os estudantes estão usando as redes sociais para destacar a indignação e até marcaram um protesto para esta segunda-feira (1º).

Uma acadêmica do curso de Arquitetura e Urbanismo, que preferiu não se identificar, encaminhou para a redação vários prints de publicações de alunos de diversos cursos reclamando da estrutura, que segundo ela, foi montada em um corredor da universidade. “A Uniderp está oferecendo um lugar sujo, horroroso, sem ventilação, com cadeiras de plástico”, conta.

A estudante conta que a colação de grau do seu curso está marcado para o dia 10 de fevereiro, mas que está com vergonha de convidar colegas para assistir o evento, que esperou cinco anos, nestas condições. “É vergonhoso convidar alguém para ir assistir sentado em uma cadeira de plástico”, ressalta.

Um protesto com alunos de diversos cursos está sendo organizado pelo Facebook e serão colhidas assinaturas dos acadêmicos. “Vamos tentar reverter essa situação. Queremos um local digno de levar convidados e ter pelo menos o mínimo de conforto. Eu tenho um pai de 90 anos. Como posso levar ele pra ficar sentado de 3 a 4 horas em uma cadeira de plástico? Não foi isso que sonhamos para esse momento”, conclui.

A universidade informou por meio de uma nota de esclarecimento que “para a definição do local da cerimônia de colação de grau realizada na semana passada, levou em consideração um espaço que atendesse ao grande número de formandos e convidados na ocasião”.

A nota destaca ainda que “a instituição efetuará uma pesquisa para avaliar a satisfação dos alunos concluintes e o resultado auxiliará no planejamento de novas cerimônias”. Confira a nota da íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Uniderp informa que, para a definição do local da cerimônia de colação de grau realizada na semana passada, levou em consideração um espaço que atendesse ao grande número de formandos e convidados na ocasião. O ambiente recebeu uma estrutura congruente ao perfil da celebração e foi organizada por uma empresa especializada no segmento de eventos.

Com o intuito de sempre melhorar suas práticas, a instituição ressalta que efetuará uma pesquisa para avaliar a satisfação dos alunos concluintes e o resultado auxiliará no planejamento de novas cerimônias. Em compromisso com a transparência, a Uniderp se mantém à disposição para quaisquer dúvidas adicionais.

(Texto sob supervisão de Marta Ferreira)