Jetta roubado em Goiânia era usado para transportar 1,2 tonelada de maconha - Foto: Divulgação/PRF
Jetta roubado em Goiânia era usado para transportar 1,2 tonelada de maconha - Foto: Divulgação/PRF
Jetta roubado em Goiânia era usado para transportar 1,2 tonelada de maconha – Foto: Divulgação/PRF

O motorista de um Jetta, com placas de Goiânia (GO), tentou fugir da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no final da noite de domingo (14). O carro estava com 1,2 mil quilos de maconha e 42 munições calibre 9 mm.

A perseguição aconteceu na BR-060, a partir do km 218, por volta das 22h. Esse veículo tinha sido roubado na capital goiana em 19 de março deste ano. Agentes deram ordem de parada, mas o condutor não obededeu e fugiu a mais de 180 km/h no sentido de Camapuã.

A PRF seguiu o veículo e no km 218 o Jetta bateu lateralmente em um Palio. Devido a colisão, carro com os suspeitos capotou.

W.D de S., 21 anos foi preso, enquanto J.P.F da S., 20, conseguiu fugir, escondendo-se em mata fechada. A polícia o identificou porque ele deixou cair o RG. O condutor do carro também confirmou quem estava com ele.

O suspeito, a droga e o armamento foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Camapuã. A PRF não divulgou qual seria o destino do Jetta.