MidiaMax

Heverton Nascimento de Oliveira, de 30 anos,preso na noite do dia 3 de novembro pelo homicídio de Luiz Carlos Carneiro, confessou que matou porque o vizinho ‘sondava’ a mulher dele. Os dois moravam no Nova Lima e ‘Ton’ mudou de bairro após o crime, mas acabou detido.

O delegado Weber Luciano de Medeiros, da 2ª Delegacia de Polícia Civil, revelou que em depoimento Heverton confessou o homicídio e disse ter matado por ciúmes da esposa. Ele disse que viajava bastante a trabalho e em certa ocasião, quando voltou de viagem, foi informado pela esposa que o vizinho que morava na casa de frente a estaria perturbando.

No dia do homicídio, Heverton, que é usuário de drogas, estaria sob efeito de entorpecentes. Ele atirou contra Luiz Carlos no dia 23 de outubro, na Rua Cândido Garcia de Lima, esquina com a Avenida Marquês de Herval, onde a vítima morreu. ‘Ton’ já tem passagens por homicídio, violência doméstica, lesão corporal e roubo.

Prisão

Policiais do Batalhão de Choque faziam rondas pelo Aero Rancho quando viram Heverton em um posto de combustíveis com a motocicleta Honda Fan azul, placa HSM-6703. Com a informação de que o veículo era o mesmo usado no dia do homicídio, os militares fizeram abordagem.

Heverton acabou confessando o crime e a arma usada no dia do homicídio foi apreendida na casa da tia dele, onde ele estava morando. O revólver calibre 32 estava dentro de uma gaveta.