O vereador Paulo Lorenso-PV (Paulão do PV)  na Sessão desta segunda-feira (08)  solicitou para quem é o diretor de limpeza pública, medidas ao  Aterro Sanitário, próximo a Hemoprot, sendo de descaso  ao meio ambiente, no lançando até mesmo de sacos de lixo, com direcionamento das cobranças ao secretário de Obras, Vanderlei Botega, que até  o ano passado sendo vereador com projeto na  reserva do Horto Municipal  em  seu entorno, pela quantidade de lixo.

 

O vereador reclamou pela ausência de médicos no Hospital Bezerra de Menezes, solicitando esclarecimentos do secretário de saúde, Evaldo Carlos, a motivação da  celebração de  R$ 1,2 milhão e duzentos mil reais, se não havia  24h de atendimento médico.  Com informação de uma paciente que às 15h, não foi atendida, precisando retornar mais tarde a pedido de uma enfermeira, confirmando o médico no período noturno.

Lembrou que desde do início do ano a cobrança por reparos na iluminação pública, permanecendo a cidade em vários lugares no escuro, enquanto o Governo, se mostrava no impedimento dos serviços, relatando que não conseguia realizar  licitação, e já se foram os 5 meses.

As estagiárias e o IPTU, a culpa de não estarem recebendo   e  a base de cálculo do IPTU é credenciado a esta Administração,  sendo um projeto votado no ano de 2002. Para o vereador Paulo à  Casa de Leis tem autorizado a  suplementação ao Executivo para  honrar os compromissos.

Parabenizou os vereadores que acompanharam na solicitação ao prefeito Valdomiro Sobrinho agilidade em melhorar a Ponte do Rio Vit Cuê da Estrada do Jatinho, agradecendo os servidores pela medida paliativa, sendo garantido uma construção de uma  ponte com materiais com  melhor durabilidade.