UEMS de Mundo Novo poderá ter vestibular para agronomia ainda em 2020

Audiência Pública na noite desta sexta-feira 18, reuniu dezenas de pessoas na Câmara Municipal de Mundo Novo, representando vários segmentos de Mundo Novo e de cidades vizinhas. A Audiência tratou da luta por novos cursos e graduação e pós-graduação no campus local da UEMS, em especial a luta pelo curso de agronomia, que vem senda travada pela UEMS local desde 2015. A audiência foi presidida pelo vereador Vagner Correia-Professor Vavá, presidente da comissão de Educação da Câmara Municipal de Mundo Novo.

Marcaram presença o Magnífico Reitor da UEMS Professor Laércio, a pró-reitora professora Maria José de Jesus, o deputado federal Vander Loubet, a vice-prefeita Rosária Andrade, presidente da Câmara Paulo Lourenço, vereadores e representantes do senador Nelsinho Trad (Marcelo Ally) e do deputado federal Dagoberto Nogueira (Carlinhos Molina, Associação Comercial, Lojas Maçônicas e escolas.

Após apresentação de todo o projeto de elaboração do pedido de criação do curso pelo gerente local da UEMS professor Leandro Marciano Marra e as falas das principais lideranças presentes, ficou praticamente definido que o vestibular de agronomia poderá acontecer ainda em 2020, e segunda a professor Maria José “a UEMS local está pronta e preparada com 15 professores efetivos, laboratórios e equipamentos para receber o curso, restando agora seguir os trâmites internos na reitoria e conselhos internos para aprovação do curso. Eu sou favorável e o reitor Laércio também”.

VERBA

O deputado federal Vander Loubet anunciou que a bancada federal de Mato Grosso do Sul destinou R$ 12 milhões para a UEMS em 2020, o que vai garantir a manutenção do curso.

FILHOS DE AGRICULTORES

Em Mundo Novo o curso deverá contemplar vagas específicas para filhos de pequenos agricultores e assentados do Cone Sul. A forma de viabilizar isso ainda será decidida internamente na UEMS.

Texto: Celso Veiga – Fotos: Willian Angelo