Cone Sul- Eldorado, Iguatemi, Japorã, Sete Quedas e Juti não têm casos confirmados de coronavírusPrefeituras estabeleceram série de restrições para “blindar” municípios

Prefeituras estabeleceram série de restrições para “blindar” municípios

Enquanto a pandemia de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus) avança cada vez mais em Mato Grosso do Sul, alguns municípios ainda não registraram nenhum caso. Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), 27 municípios não constam na lista dos que já têm confirmações.

São eles: Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Bodoquena, Caracol, Cassilândia, Coronel Sapucaia, Dois Irmãos do Buriti, Eldorado, Figueirão, Iguatemi, Inocência, Japorã, Jaraguari, Juti, Laguna Carapã, Nioaque, Novo Horizonte do Sul, Pedro Gomes, Porto Murtinho, Rio Negro, Rochedo, Santa Rita do Pardo e Sete Quedas.

 DADOS

Neste domingo (7), a SES informou a confirmação de mais 121 casos, totalizando 2253. Desses novos registros, 78 foram em Dourados, 15 em Campo Grande, sete em Rio Brilhante e seis em Corumbá.

Naviraí e Vicentina confirmaram três casos cada. Ponta Porã contabilizou novos dois casos. Aparecida do Taboado, Deodápolis, Fátima do Sul, Ivinhema, Ladário, Paranaíba, Sidrolândia, Terenos e Três Lagoas registraram um novo caso cada.

Costa Rica, Jardim e Sonora modificaram os dados e descartaram um caso cada. Isso significa que uma apuração das autoridades de saúde locais identificou que o paciente não reside no município, apenas buscou atendimento fora de seu domicílio.

Mais 136 pessoas se recuperaram da Covid-19, totalizando 1163. 49 pacientes estão internados, sendo 32 em leitos clínicos e 18 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Um outro paciente está hospitalizado no Mato Grosso, mas não entra nas estatísticas sul-mato-grossenses.

Dessas 32 pessoas em leitos clínicos, 18 estão em leitos públicos. As outras 12 estão em hospitais privados. Entre os 18 internados em UTI, dez ocupam leitos públicos e oito pessoas estão em hospitais privados. Com isso, a taxa de ocupação de leitos clínicos é de 7,2% e dos de UTI é de 10,5%.

Tem casos confirmados as cidades de Dourados (571), Campo Grande (388), Guia Lopes da Laguna (241), Três Lagoas (159), Fátima do Sul (153), Rio Brilhante (102), Corumbá (87), Douradina (69), Itaporã (64), Bonito (49), Vicentina (47), Ponta Porã (40), Jardim (36), Chapadão do Sul (29), Naviraí (26), Ladário (18), Brasilândia (15), Sonora (14), Glória de Dourados (12), Bataguassu (11), Nova Andradina (11), Ribas do Rio Pardo (11), São Gabriel do Oeste (10), Coxim (8), Mundo Novo (8), Costa Rica (7), Paranaíba (7), Amambai (6), Batayporã (6), Ivinhema (6), Água Clara (5), Deodápolis (5), Sidrolândia (5), Caarapó (4), Paraíso das Águas (3), Aparecida do Taboado (2), Bela Vista (2), Camapuã (2), Alcinópolis (1), Anastácio (1), Corguinho (1), Itaquiraí (1), Jateí (1), Maracaju (1), Miranda (1), Nova Alvorada do Sul (1), Paranhos (1), Rio Verde de Mato Grosso (1), Selvíria (1), Tacuru (1), Taquarussu (1) e Terenos (1).

O Estado já contabiliza 21 mortes: oito em Campo Grande, cinco em Três Lagoas, duas em Dourados, duas em Batayporã, duas em Brasilândia, uma em Paranaíba e uma em Vicentina.