2735e52ecbeae8adcf892289e82ce1edA Justiça Federal no Mato Grosso do Sul condenou na quinta-feira Fernandinho Beira-Mar a mais nove anos e seis meses de prisão, por lavagem de dinheiro, no tempo em que o principal traficante de drogas do Rio morou no Paraguai e na Colômbia, sob a proteção das Farc.

A partir de uma agenda encontrada com ele na Colômbia e de informações do Coaf, a Justiça mostrou como ele lavou durante anos o dinheiro do tráfico, usando postos de combustíveis, mercados e outros tipos de comércio de fachada.

Foram confiscados 25 milhões de reais.

Na sentença, o juiz Odilon Oliveira mostra o poder de Beira-Mar naquele tempo. Só em 2000, a logística do Comando Vermelho despejou 379 fuzis e 3 980 pistolas no Rio.

Por Lauro Jardim

Fonte: Cesar Galeano Reporter