A operação é realizada em cinco estados brasileiros 

A PF (Polícia Federal) deflagou na manhã desta terça-feira (2) operação Matterello para desarticular uma organização internacional criminosa que atuava há dez anos com tráfico de drogas em Campo Grande e mais 12 cidades no país. Entre os municípios de Mato Grosso do Sul, além da Capital, a polícia realiza a operação em Aral Moreira, Ponta Porã, Dourados e Dois Irmãos do Buriti.

Segundo informações da PF a organização atuava também nas nas cidades Cuiabá/MT, São Paulo/SP, Avaré/SP, São Vicente/SP, Taquarituba/SP, Pirajuí/SP, Medianeira/PR e Recife/PE. Ao total está sendo cumpridos 32 Mandados de Prisão Preventiva nos cinco Estados, com a apreensão de mais de cinquenta veículos.

O grupo agia há mais de uma década, segundo os agentes, sendo fornecedor de grandes quantidades de entorpecentes para diversas localidades no território nacional e até para o exterior através do Porto de Santos (SP), o maior e mais movimentado do Brasil.

Em nota a Polícia Federal descreveu os criminosos com grande poder econômico e de articulação, “fato que determinava que os mesmos não fossem alcançados pelas autoridades mesmo traficando por muitos anos”.

A Operação foi denominada Matterello, por se tratar de um instrumento utilizado para amassar massas em italiano, vulgarmente conhecido como “rolo”. A ideia é que a operação atue da  mesma forma que o instrumento quanto à atividade de traficância da organização criminosa. Participam da operação aproximadamente 150 policiais federais.