MidiaMax

Preso na noite de domingo (18), homem de 58 anos teve a casa e o carro depredados por populares que se revoltaram com o crime. O morador na Vila Fernanda foi detido por suspeita de estuprar dois meninos de 7 anos e também já teria abusado de uma menina de apenas 4 anos.

Moradores contaram  que ainda na noite de domingo, após a prisão do homem, populares saquearam e depredaram a casa e o carro dele. Testemunhas preferiram não comentar o caso, mas apontam que o homem preso seria um ex-policial, excluído da corporação há aproximadamente 10 anos.

Conforme o registro da ocorrência, equipes policiais foram chamadas para irem ao local, onde o homem tinha sido detido por populares, após estuprar duas crianças. No local, militares da Força Tática do 1º Batalhão encontraram o suspeito com vários hematomas e, com equipe do Batalhão de Choque, fizeram cerco, evitando que os populares linchassem o homem.

Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou o suspeito até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento Comunitário) e posteriormente ele foi levado para a Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher). Uma testemunha contou que foi com uma vizinha até a casa do homem, onde estavam as duas crianças, dois meninos de 7 anos.

As mulheres perguntaram para as vítimas o que estava acontecendo e elas disseram que o homem estava “passando a mão nelas”. Um dos meninos disse que o suspeito os chamou para “fazer créu”- nas palavras da vítima, registradas no boletim de ocorrência – , tirou o pênis para fora da bermuda e o obrigou a fazer sexo oral, enquanto o outro menino foi obrigado a assistir,

A testemunha revelou que a filha dela já foi vítima do agressor, que certa vez ‘passou a mão’ na criança. O caso foi registrado como estupro de vulnerável.