O Departamento de Operações de Fronteiras (DOF) fez na tarde de ontem (26) a maior apreensão de drogas no Brasil. Uma carreta bitrem foi abordada em uma estrada vicinal que dá acesso à rodovia MS-166 no município de Maracaju. Dois homens foram presos.

De acordo com boletim de ocorrência, foram apreendidos 33,3 toneladas de maconha que estavam em um conjunto trator Mercedes Benz ACTROS com placas do Mercosul tracionando os semi reboques bi-caçamba com placas de Maracaju.

Ao ser dado a ordem de parada, o motorista da carreta parou o veículo e fugiu a pé, não sendo localizado. Logo atrás foi abordado duas pessoas, de 25 e 45 anos, em um veículo Ford KA com placa de Maracaju, que apresentaram nervosismo excessivo e versões desconexas sobre a presença naquela rodovia, mas acabaram confessando que eram batedores da carga de maconha.

A função deles eram de irem na retaguarda da carreta com a finalidade de avisar sobre aproximação de viaturas policiais, através de um rádio comunicador oculto no painel do carro, que estava na mesma frequência do rádio da carreta.

A carga foi avaliada pelos policiais do DOF em mais de R$ 50 milhões.