Quantidade é 95% maior se comparar com mesmo período de 2020

As apreensões de drogas no primeiro quadrimestre deste ano somaram 192,4 toneladas, em Mato Grosso do Sul. O número é 95% maior se comparado com o mesmo período do ano passado, quando foram apreendidos pouco mais de 98 toneladas de janeiro a abril de 2020.

Em 2020, foram apreendidos no Estado 750 toneladas de droga, conforme balanço apresentado pelo secretário de Segurança Pública, Antônio Carlos Videira.

“Quando começamos a planejar a segurança em MS em 2015, este planejamento almejava ter um bom resultado a partir de 2018, já em 2019 começamos a quebrar os recordes, 2020 mais ainda, quando ultrapassamos (apreensão) 750 toneladas de drogas, além de outros crimes fronteiriços”, destacou.

Segundo Videira, estas drogas chegariam aos grandes centros consumidores do Brasil e de outros países. As apreensões com repercussão nacional tiveram seu ápice em 26 de agosto de 2020, quando policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) tiraram de circulação uma carga de 33,3 toneladas de maconha em Maracaju, que estava em um caminhão bitrem e seguia por uma estrada vicinal. Foi a maior apreensão de drogas no Brasil.

“Por este trabalho de relevância nacional, sempre pedimos mais ajuda e recursos federais, já que temos 20 mil presos, sendo 40% apenas do tráfico, e metade deles são de outros estados e países. Isto exige um custo alto ao Estado”, lembra Videira.

Fonte: Midiamax