Um homem identificado com sendo Rosinaldo de Andrade Messias, de 41 anos, foi assassinado a tiros na noite de ontem na cidade de Itaquiraí. Rosinaldo estava sendo investigado em um caso de estupro de vulnerável.

Em um vídeo que circula em grupos de whatsApp, ele aparece andando de barco com algumas pessoas, entra elas duas crianças. O vídeo que foi feito por uma mulher identificada como Sunilda Ortiz, mostra Rosinaldo sentado no banco do barco juntamente com ela, outra mulher, uma adolescente e as duas crianças, filhas dela.

Sunilda filma sorrindo Rosinaldo, que com uma das mãos segura duas latas de cerveja e com a outra abraça a cabeça de uma das crianças que está ao seu lado e a beija na boca. O beijo parece ser comemorado com gritos pelas duas mulheres. Após o beijo Rosinaldo olha sorrindo para filmagem e ainda da outro beijo, desta vez na cabeça da criança que está sem a parte de cima da roupa.

Dois homens aparecem na filmagem, sentados nos bancos da frente do barco, um deles seria o piloto. O vídeo teria sido gravado durante um passeio de barco no Rio Paraná, local conhecido como Prainha da Amizade no município de Itaquiraí.

Em sua rede social no facebook, Sunilda que é indígena, aparece como mulher de Rosinaldo. O casal teria se casado no último dia 14 de novembro.

Rosinaldo chegou a ser levado para a Delegacia para ser ouvido. Na noite de ontem (23), ele foi assassinato dentro de sua casa localizada no bairro Jardim Primavera. Populares revoltados com o teor do vídeo, quiseram invadir a residência e atear fogo na casa onde estava o corpo.

A Polícia Civil teve que pedir reforço para a Polícia Militar de Itaquiraí, que compareceu ao local juntamente com uma equipe da Força Tática de Naviraí, para ajudar a conter os populares e assim conseguir retirar o corpo de Rosinaldo que foi encaminhar para o IML (Instituto Médico Legal). O caso foi registrado como homicídio simples e será investigado pela Polícia Civil de Itaquiraí.

 

Fonte: Jornal do Conesul