MUNDO NOVO - MS
17/06/2024
Mais

    PF de Guaíra deflagra operação contra a importação de eletrônicos do Paraguai

    Mais Lidas

    A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (19/03), a Operação Pandora, com o objetivo de descapitalizar Organização Criminosa responsável por um esquema de importação clandestina de eletrônicos procedentes do Paraguai.
    As mercadorias eram adquiridas por vendedores atacadistas e introduzidas irregularmente no mercado brasileiro para posterior revenda.
    Esta Ação é um desdobramento da Operação Grade A, deflagrada em outubro/2023.
    Aproximadamente 20 Policiais Federais e 60 Policiais Militares do BPFRON – Batalhão de Polícia de Fronteira – foram mobilizados para cumprirem 1 Mandado de Busca e Apreensão no município de Mundo Novo/MS.
    Após a Deflagração da Operação Grade A, foi identificado mais um integrante da Organização Criminosa e o cumprimento da Ordem Judicial expedida se deu em estabelecimento vinculado a este indivíduo, sendo o negócio constituído e mantido com dinheiro proveniente do descaminho de mercadorias, com o objetivo de dar aparência de legalidade ao patrimônio por eles movimentado.
    Além do Mandado de Busca, foi determinado o sequestro de bens imóveis, veículos, embarcações e saldos em contas bancárias de titularidade do envolvido. Essas medidas objetivam a descapitalização do grupo, visando assim inibir práticas criminosas futuras, bem como garantir o ressarcimento do dano ao erário público.
    Estima-se que os criminosos tenham internalizado mais de R$ 250 milhões em mercadorias desde o início da pandemia de COVID, quando ocorreu o fechamento prolongado das fronteiras entre o Brasil e o Paraguai.
    No decorrer do dia, a Polícia Federal irá divulgar o balanço da operação.
    Os bens de valor encontrados no estabelecimento serão apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra, onde ficarão à disposição da Justiça.

    Mais Notícias

    spot_img

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Últimas Notícias