Dionathan Celestrino, de 21 anos, o Maníaco da Cruz, já está em Campo Grande. A transferência de Ponta Porã aconteceu na manhã de ontem e o rapaz foi leado até a 7ª Delegacia de Polícia Civil, por volta de 11h30. A custódia é de responsabilidade do Estado, desde outubro de 2008, quando foi apreendido, aos 17 anos, pelo assassinato de três pessoas em Rio Brilhante.

Exames médicos apontaram distúrbios psiquiátricos. Em 2011, quando ele deveria ser solto conforme previsão do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a Justiça determinou que ele fosse para uma clínica psiquiátrica. Desde então, o Estado procura um local adequado. Vinte e três clínicas já foram consultadas.

No início de março deste ano, Dionathan fugiu da Unidade Educacional de Internação (Unei) de Ponta Porã e foi encontrado nessa segunda-feira em Horqueta, uma cidade paraguaia. O Maníaco da Cruz foi expulso do país vizinho e entregue à Polícia brasileira.

Dhionatham estava em uma cela da Delegacia de Polícia Civil, onde, na última terça-feira, houve um incidente – um policial que o atendia fez um disparo acidental de tiro. Ninguém ficou ferido e o caso será investigado.

Fonte: Campo Grande News
TAGs: