Fotos: Adalberto Domingues

O motorista da carreta juntamente com os dois motoristas dos carros que faziam ao trabalho de batedores de estrada, foi encaminhado para a delegacia da cidade de Dourados.
O motorista da carreta juntamente com os dois motoristas dos carros que faziam ao trabalho de batedores de estrada, foi encaminhado para a delegacia da cidade de Dourados.

Na tarde de ontem (07), a PRF (Polícia Rodoviária Federal), apreenderam na BR-163, município de Caarapó um comboio de três carretas carregadas de cigarros contrabandeados do Paraguai . Três pessoas foram presas. O comboio transportava uma carga de aproximadamente três mil caixas de cigarros avaliada em quase R$ 5 milhões, segundo a PRF.

De acordo com as informações, Erick Rodrigo de Jesus Ferreira, 32 e Dheison Ricardo de Souza, 22, moradores em Eldorado, condutores de um veículo Fiat Idea e de um VW Gol, ambos com placas de Caarapó, foram abordados durante barreira de rotina e demonstraram nervosismo.

Enquanto eram questionados, os rádios comunicadores escondidos nos dois carros começou a chamar. Desconfiados, os policiais foram capturando as informações e acabaram flagrando próximo ao trevo que dá acesso a Amambai, a carreta Volvo, placas MJA-6516 de Florianópolis (SC), a bitrem Scânia, MLT-0440 de Itajaí (SC) e a Scânia furgão com placas ETU-9366 de São José dos Campos (SP).

Ao verem a barreira policial, os motoristas das carretas abandonaram as mesma e empreenderam fuga a pé. Um dos motoristas identificado como sendo João Sérgio Alegria, de 46 anos, também morador em Eldorado, foi capturado e preso. Os outros dois motoristas conseguiram fugir.

O destino da mercadoria apreendida seria às regiões Nordeste e Sudeste. Durante checagem foi constatado que duas carretas Scânia apresentaram queixa de roubo, sendo uma em Curitiba (PR) no ano passado e outra em Taciba (SP) em janeiro deste anos. O motorista da carreta juntamente com os dois motoristas dos carros que faziam ao trabalho de batedores de estrada, foi encaminhado para a delegacia da cidade de Dourados.

Fonte: Dourados News