revolver site_9c52639b9ff29c170b22489619a516e5

Policiais Militares lotados no Terceiro Pelotão de Mundo Novo, cidade situada no extremo sul do Estado, na fronteira com o Paraguai e divisa com o Paraná em duas operações distintas na madrugada de domingo (12), duas armas de fogo e detiveram dois jovens pelo crime de porte ilegal de arma.

O primeiro a ser detido foi um rapaz de 19 anos de idade, que por volta das três horas da madrugada foi abordado nas proximidades da Igreja Católica Matriz, que trazia preso à cintura, uma pistola  calibre 380 oxidada (preta), com 15 munições  em seu carregador. Ele foi encaminhado à cadeia pública de Mundo Novo, após a lavratura do flagrante na delegacia de Polícia.

Momentos depois, um jovem de 21 anos de idade, que possui vários registros policiais pela prática de ameaça e perturbação do sossego público, foi preso pela mesma equipe policial, após ter efetuado cinco disparos nas proximidades da agência local do Detran.

Oriundo de família de alto poder aquisitivo, o rapaz, no momento da abordagem, dirigia um veículo Toyota Hilux SW4, tentou empreender fuga, porém, após monitoramento tático desenvolvido pelos militares ao longo de cinco quarteirões, foi capturado.

Quando desceu do veículo, ele tentou se desfazer da arma, um revólver calibre 38 Special (cano ventilado), oxidado, cabo de madeiro e numeração raspada, municiada com seis (06) munições no tambor de marca federal spl+p, sendo que cinco (05) munições deflagradas e uma (01) intacta, para fugir do flagrante, jogando o objeto na calçada. Diante disso, foi conduzido à Delegacia de Polícia e após a lavratura da documentação pertinente ao fato, foi conduzido à Cadeia Pública de Mundo Novo.