Veículo foi encaminhado para o pátio da Receita Federal em Mundo Novo. (Foto: Divulgação)
Veículo foi encaminhado para o pátio da Receita Federal em Mundo Novo. (Foto: Divulgação)
Veículo foi encaminhado para o pátio da Receita Federal em Mundo Novo. (Foto: Divulgação)

Na última terça-feira, por volta das 23h50, servidores da Receita Federal em ação na operação Parajás identificaram veículo de carga suspeito e procederam acompanhamento tático desde o Mato Grosso do Sul até a cidade de Guaíra/PR.

Durante a abordagem da carreta graneleira com placas de São José dos Pinhais/PR, o motorista apresentou nervosismo e contradições na entrevista realizada pelos servidores da Receita Federal. Na vistoria da carga foi constatada a presença de cerca de 900 caixas (450 mil maços) de cigarros contrabandeados do Paraguai

A carga está avaliada em aproximadamente R$ 2 milhões. Já a carreta, com placas adulteradas, está avaliada em cerca de R$ 300 mil.

Diante do flagrante de crime de contrabando o motorista foi detido e encaminhado à Polícia Federal, e o veículo para o pátio da Receita Federal em Mundo Novo/MS.

A Operação Parajás visa combater os crimes transfronteiriços na região, principalmente o contrabando de cigarros. Até o momento, mais de 1,1 milhão de maços de cigarros contrabandeados, avaliados em mais de R$ 5 milhões, foram apreendidos pelo servidores da Receita Federal.