MidiaMax

Na manhã desta quarta-feira (30), Polícia Federal realiza a Operação Patruus II, contra pornografia infantil em Mato Grosso do Sul. Os policiais cumprem mandados em Campo Grande e Bonito e a operação é realizada através da Superintendência Regional da Polícia Federal em MS.

Aproximadamente 60 policiais cumprem 12 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 5ª Vara Federal de Campo Grande. As investigações começaram através de informações de instituições que trabalham ajudando a encontrar crianças desaparecidas e também no combate à exploração sexual de crianças.

Conforme a PF, durante as investigações, que foram realizadas pela Delegacia de Defesa Institucional da SR/PF/MS, foram identificados 12 suspeitos, sendo um em Bonito e 11 em Campo Grande. O tráfego dos arquivos com pornografia infantil, através da internet, configura crime previsto no artigo 241-A do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

A pena pode chegar a 6 anos de reclusão, além de multa. Segundo a PF, ‘Patruus’ significa tio em latim. A operação foi batizada com esse nome porque em julho deste ano a PF prendeu um homem que abusava sexualmente da sobrinha e esta operação dá continuidade no combate a este tipo de crime.

Os materiais apreendidos serão encaminhados para a sede da Superintendência da PF.