Dois amigos foram flagrados pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) tentando levar veículos roubados no Paraná para  o Paraguai nesta terça-feira (2). As prisões de Carlos Soares de Melo, de 41 anos e Guilherme Giovanni Pinheiro, de 27 anos, aconteceram em Mundo Novo, cidade a 429 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, o primeiro a ser abordado pelos policiais foi Carlos, que conduzia um Chevrolet Montana pela BR-163, em sentido a Mundo Novo. O nervosismo do motorista chamou a atenção da equipe, que na vistoria descobriu que a placa do veículo era falsa e que ele havia sido roubado no dia 27 de dezembro, em Araucária (PR).

Logo em seguida Guilherme Giovanni foi parado na fiscalização. O segundo suspeito conduzia um Renault Sandero EXP 16HP. Mais uma vez, o nervosismo e a contradição na versão apresentada pelo motorista despertaram a desconfiança dos policiais, que constataram que o veículo também era roubado.

A placa do Renault, assim como da Montana, era falsa e o veículo possuía registro de roubo horas antes na cidade de São José dos Pinhais (PR). Diante do flagrante, Carlos acabou confessando que conhecia Guilherme e que foi o amigo quem o convidou para transportar o carro roubado para Ponta Porã.

Ele ainda contou que, junto com Guilherme, buscou os veículos em um posto de combustível de Curitiba e de lá seguiram viagem. A dupla receberia R$ 3 mil. Os policiais ainda apreenderam R$ 650, em notas de 50 reais, no bolso de Pinheiro.

Os amigos foram presos por receptação e adulteração de sinal identificador de veiculo automotor. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário.

JornaldoConesul