Uma comissão formada por professores da Rede Municipal juntamente com SINSERV e SIMTED, esteve participando na manhã desta segunda -feira 28, com os vereadores para discutir o projeto de Lei 01/2019 de iniciativa do Executivo que altera a carga horária do magistério municipal. O projeto foi encaminhando a Casa de Leis em regime de urgência.

O presidente da Câmara Municipal, Paulo Lorenço – PV, relatou da polêmica do projeto com análise minucioso pelos membros. Para o presidente será uma decisão sensata.

“As reivindicações dos professores foram acolhidas e serão analisadas juntamente com a versão do Executivo”, comentou Paulão do PV.

O vereador Jeferson Pinduca – PMDB, base de sustentação da Administração Municipal, se colocou a disposição do grupo de professores para auxiliar na elaboração de um projeto que contemple a classe.