Na sessão legislativa na noite de segunda-feira 25, os vereadores aprovaram três projetos que seguem para sanção do prefeito Valdomiro Sobrinho, sendo dois indicados pelos vereadores Alfonso Lavarda e Paulo Ricardo, ambos do PT e um do poder Executivo.

O projeto de lei nº 001/2019, tem por objetivo a proibição da Cobrança da Tarifa Básica de Consumo, ou de adotar praticas similar pela concessionária Sanesul, na prestação de serviços de fornecimento de água no município. Projeto de iniciativa do Legislativo através da indicação do vereador Lavarda, que repudia a cobrança, mesmo sem consumo, de R$ 43,90.

O projeto de lei 002/2019, que declara de Utilidade Publica Municipal a Associação de Moradores e Produtores da Comunidade do Jatinho. O vereador Paulo Ricardo, mentor do projeto, justificou a legalidade em readequar a associação para viabilidade de angariar recursos direto, pois a comunidade estava sendo inviabilizada com recursos, utilizando a Associação de Mulheres Rurais do Jatinho.

Foi aprovado em regime de urgência especial o projeto de lei complementar nº 004/2019, autorizando o Executivo atuar na Campanha de IPTU, concedendo 10% de desconto para o pagamento avista, até o mês de junho, ou sucessivas parcelas em até 6 vezes, para residencial e comercial.
A Sessão Ordinária presidida pelo vereador Paulo Lourenço (PV) foi transmitida ao vivo pelas redes sociais, e contou na abertura com a presença da professora Antônia Lopes abordando a historia bíblica com Abraão, escrava egípcia Ágar e o filho Ismael, em menção o dia Internacional da Mulher.