Primeiro paciente com suspeita de coronavírus em MS está internado em Ponta Porã (Ilustração, Web)

O resultado dos exames do paciente internado no HRMS de Ponta Porã com suspeita de CoVid-19, o novo Coronavírus, sairá nesta quinta-feira (27), informou a SES (Secretaria Estadual de Saúde). Nas redes sociais, o suposto paciente trata a situação como piada, afirma não estar contaminado e que saúde pública ‘não tem preparo’.

Conforme a secretária-adjunta da SES, Crhistinne Maymone, o rapaz informou que viajou para a Tailândia no dia 10 de fevereiro, onde fez escala na Alemanha. Na volta, no dia 24, também fez uma conexão no país europeu.

Em solo brasileiro, o rapaz desembarcou em São Paulo e foi recebido por familiares. No retornou para MS, ele não especificou se parou em alguma cidade.

Na segunda-feira (24) o jovem, que tem 24 anos, começou a apresentar sintomas de gripe, como coriza, febre e dor de garganta. Os mesmos sintomas do CoVid 19, o novo Coronavírus.

O rapaz passou por exames e as amostras foram encaminhadas para o Lacen (Laboratório Central) em Campo Grande. O caso é acompanhado pela SES, por meio da CIEVS (Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde), que já teria deslocado uma equipe para a cidade.

Maymone pediu para que a população não entre em pânico, pois o caso ainda está sendo investigado. “A SES tem seguido todos os protocolos necessários”, afirmou.

Em áudios que circulam nas redes sociais atribuídas ao suposto paciente mostram que o rapaz tem tratado a situação com deboche.

“Estou tratando a situação como piada no meu Instagram […] viajei entre quatro pessoas e só eu apresentei sintomas de um resfriado e não é nem gripe. A galera surtou, tá ligado? O bom foi que deu fama, eu ganhei uns seguidores” afirma o possível paciente em áudio.

Em outra rede social, o suposto paciente diz que retorno da China e do sudeste asiático com ‘um leve resfriado’ e que deverá se ausentar mais tempo do trabalho, para onde retornaria após o fim da férias. “Coronavírus, não disse que te amo, mas […]”, escreveu.

Em outra postagem, o internauta comenta que quando chegou ao hospital e relatou que veio de uma viagem da Ásia, foi colocado em uma sala isolado. “E o mais louco é ver como o sistema de saúde no Brasil não tá [sic] preparado para esse tipo de situação, me colocaram em uma sala sem exame algum e estão todos lá se perguntando o que vão fazer”, descreveu o suposto paciente.

A SES informou que não comentará sobre os boatos que circulam na internet e que qualquer informação que seja divulgada sobre o paciente é para ser tratada como fake news.

Fonte: MidiaMax