06/08/2022
Mais

    Itaquiraí – Rapaz envolvido em homicídio é encontrado morto a tiros em estrada

    Clodoildo Cardamone Velozo, de 22 anos, foi encontrado morto na noite de ontem (13), em uma estrada de terra no município de Itaquiraí. Esse é o terceiro assassinato registrado município desde a noite se sexta-feira (10).

    Na noite de ontem, segunda-feira, por volta das 19h30m, a Polícia Militar de Itaquiraí foi acionada para comparecer em uma residência localizada no bairro Nova Era, aonde segundo informações havia ocorrido uma tentativa de homicídio. Ao chegarem ao local os policias encontraram a moradora da casa que relatou que estava deitada na sala com seu marido, quando uma pessoa desconhecida passou a chamar pelo nome do esposo do lado de fora da casa.

    Ao se levantarem para ver quem era, escutaram um disparo de arma de fogo, em direção à porta da sala. Segundo a vítima ela correu saiu pela janela do quarto e se refugiou embaixo de um tanque na casa de uma vizinha, onde ficou até a chegada da Polícia Militar.

    Na residência a Polícia Militar encontrou na entrada da porta da sala uma luva de cor azul da marca Sportglove, bem como algumas capsulas da arma utilizada nos disparos e duas munições intactas de calibre 380.

    A Polícia Militar encaminhou a mulher e o marido para a Delegacia de Polícia Civil de Itaquiraí para prestarem esclarecimentos. Logo em seguida a Polícia Militar foi acionada para comparecer na estrada vicinal que dá acesso ao Cinturão Verde, onde teria uma pessoa morta.

    Ao chegar ao local os policiais militares encontraram o corpo de Clodoildo Cardamone Velozo, de 23 anos, caído no meio da estrada já sem vida. Ele estava com perfurações de bala no braço e tórax. Foi verificado que Clodoildo usava na mão esquerda uma luva de cor azul da mesma marca encontrada momento antes na residência que foi alvo de tiros.

    Foi constatado ainda que no local onde o corpo de Clodoildo foi encontrado não havia mancha de sangue, aparentando que ele foi morto em outro local e o corpo desovado naquela estrada.

    A Polícia Militar preservou o local até a chegada da Polícia Civil e do Perito Criminal. Os casos foram registrados como homicídio simples e tentativa de homicídio e segue sendo instigado pela Polícia Civil de Itaquiraí.

    Homicídio em 2016- Clodoildo, já tinha passagem pela polícia quando menor de idade, na época com 17 anos, aonde se envolvido na morte de Edvaldo Miott, de 30 anos, crime que aconteceu no dia 12 de novembro de 2016.

    Na época, 04 dias após o crime, a Polícia Civil de Itaquiraí apreendeu Clodoildo juntamente com outros 03 adolescentes, que confessaram o crime e disseram que mataram Edvaldo após manterem relação sexual com ele.

    Os adolescentes não relataram o motivo do crime. Disseram apenas que mantiveram relações sexuais com a vítima, ingeriram bebida alcoólica, e depois cometeram o crime. Mensagens encontradas no computador de Edvaldo mostram que os garotos toparam encontrá-lo. Inclusive, pelas conversas, o motivo do encontro seria sexual, conforme a polícia.

    Edvaldo era homossexual assumido, segundo a polícia. Já os garotos, todos vizinhos da vítima, disseram que não são homossexuais.

    Edvaldo foi encontrado morto em uma residência no assentamento Sul de Bonito, em Itaquiraí. O rapaz foi assassinado a golpes de pauladas na cabeça. Ao lado do corpo, havia vários pedaços de madeira que foram usados no crime.

    fonte: jornalconesul

    Curta o Conesul

    Relacionados