Droga estava escondida em meio a pacotes de fécula de mandioca na carroceria de um caminhão Mercedes Benz – Foto: DOF
Droga estava escondida em meio a pacotes de fécula de mandioca na carroceria de um caminhão Mercedes Benz – Foto: DOF
Droga estava escondida em meio a pacotes de fécula de mandioca na carroceria de um caminhão Mercedes Benz – Foto: DOF

O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreendeu 3,3 toneladas de maconha nesta segunda-feira (18), em Maracaju. Dois homens responsáveis pelo transporte da droga foram presos em flagrante por tráfico e associação para o tráfico.

Os homens do DOF chegaram até a droga, após abordarem em fiscalização de rotina na MS-164, em Maracaju, um carro sedan preto, com placas de Três Lagoas (MS), conduzido por um homem de 30 anos, que ficou muito nervoso e deu respostas desconexas aos questionamentos dos policiais, ao ser interrompido várias vezes pelas insistentes ligações que chegavam ao seu celular.

Um caminhão cor vermelha, com carroceria de madeira e placas de Bandeirantes (MS) que vinha logo atrás também foi parado. Ao avistar os policiais o condutor, um homem de 40 anos tentou esconder um telefone celular, onde foram localizadas várias ligações para o aparelho do primeiro abordado.

Em vistorias os policiais do DOF encontraram diversos fardos de maconha em meio a carga de fécula de mandioca transportada no caminhão, que após pesagem totalizaram 3 toneladas e 360 quilos da droga, que tinha Campo Grande como destino final.

Aos policiais os dois acusados disseram que foram contratados por desconhecidos para transportar a droga de Ponta Porã para Campo Grande, onde receberiam a quantia de R$ 5 mil cada pelo carreto. Os acusados foram presos e encaminhados junto com a droga e os veículos para a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

No ano passado foram apreendidas em Mato Grosso do Sul 276,8 toneladas de drogas, 48 toneladas a mais que em 2014, quando as polícias tiraram de circulação em todo o Estado mais de 228 toneladas de entorpecentes. Do total de drogas apreendidas em 2015, mais de 248 mil quilos foram interceptados nos municípios do interior do Estado e 28,5 toneladas em Campo Grande. (Matéria atualizada às 17h para acréscimos de informações)