Reinaldo Azambuja anunciou auxílio a 32 municípios - Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado
Reinaldo Azambuja anunciou auxílio a 32 municípios - Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado
Reinaldo Azambuja anunciou auxílio a 32 municípios – Foto: Valdenir Rezende / Correio do Estado

Os estragos causados pela chuva dos últimos meses em Mato Grosso do Sul vão gerar custo de R$ 70 milhões aos cofres do Estado, afirmou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), durante solenidade para anunciar ajuda de R$ 2 milhões em combustível para 32 municípios em estado de emergência, na tarde desta terça-feira (2).

Conforme o chefe do Executivo estadual, do montante total, R$ 19 milhões foram destinados para manutenção de vias, foram feitos 15 contratos de emergência, outros R$ 12 milhões para manutenção de estradas e bueiros, R$ 20 milhões serão destinados para conter erosões e mais R$ 2 milhões anunciados nesta terça.

COMBUSTÍVEL

Nesta terça-feira, o governador anunciou que, 32 dos 34 municípios que decretaram emergência, receberão 20 mil litros de combustível, que totaliza R$ 62,8 mil para cada cidade e R$ 2.009.600,00 no total.

Os recursos são provenientes do Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul (Fundersul).

De acordo com Azambuja, Anastácio não entrou na lista para receber o auxílio, mas será contemplada assim que o governo federal reconhecer a situação de emergência no município. Sobre Campo Grande, foi considerada como cidade com capacidade para dar resposta aos estragos da chuva.

Fonte Correio do Estado