Moka, Ulisses, Mochi e Puccinelli trataram ontem sobre o rumo do PMDB - Foto: Paulo Ribas / Correio do Estado

Cúpula divide-se entre união com PSDB, PSD ou lançar só candidatos a vereador

Moka, Ulisses, Mochi e Puccinelli trataram ontem sobre o rumo do PMDB - Foto: Paulo Ribas / Correio do Estado
Moka, Ulisses, Mochi e Puccinelli trataram ontem sobre o rumo do PMDB – Foto: Paulo Ribas / Correio do Estado

O ex-governador André Puccinelli não veta apoio à pré-candidatura do deputado estadual Marquinhos Trad numa eventual aliança do PMDB com PSD para disputa pela Prefeitura de Campo Grande.

Mas a reunião de ontem (17) mostrou o partido dividido. Uma corrente defende acordo com PSDB, outra com PSD e a terceira prefere concorrer às eleições apenas com chapa proporcional (vereadores) sem candidato a prefeito.

Depois de muita discussão, o PMDB decidiu criar comissão para conversar com os pré-candidatos dos outros partidos sobre aliança.

Os partidários por acordo com PSD alerta para o risco do PMDB ser sufocado pelos tucanos se a definição for para caminharem juntos na campanha em Campo Grande.

*Leia reportagem, de Adilson Trindade e Gabriela Couto, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.