c63a4598036da98b59c55ac876b2f711
O agente reagiu e atingiu um dos ladrões que morreu no local; O comparsa fugiu, mas foi preso

Um policial federal matou a tiros Sandro de Souza, 36 anos, que tentava assaltá-lo na madrugada desta segunda-feira (16), em Corumbá (MS). O homem estava com um comparsa em uma moto, quando abordou o agente , de 29 anos, que estava acompanhado da namorada, na Rua Major Gama esquina com a Rua Cuiabá, na área central da cidade.

Segundo o site Diário Corumbaense, os ladrões estavam armados e anunciaram o assalto. Sandro apontou um revólver calibre .357 para a vítima, e mandou que ela entregasse os pertences. O policial reagiu e atirou contra Sandro, que morreu no local. O comparsa abandonou a motocicleta e fugiu.

Momentos depois, equipes do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas para socorrer um homem que havia sido baleado. Ainda de acordo com o site, os agentes da Polícia Federal foram até o pronto-socorro e confirmaram que Cristiano Arruda de Jesus, 27 anos, deu entrada com uma perfuração no braço causada por arma de fogo.

Cristiano é apontado como comparsa de Sandro. Na casa dele, foi encontrado um tênis com marcas de sangue, além de duas munições calibre .32.

Cristiano passou por cirurgia e está internado no Hospital de Corumbá, sob escolta da Polícia Militar. Ele tem passagens pelos crimes de ameaça, roubo, vias de fato e disparo de arma de fogo. Sandro, o assaltante morto, tinha passagens por tráfico de drogas, violência doméstica e falsa comunicação de crime.

De acordo com a Polícia Militar, os dois eram suspeitos de serem autores de outros roubos com abordagens semelhantes ao do policial federal.

Fonte: Diário Corumbaense